2.2

Chega então mais um momento marcante na vida de um homem. Pois bem, hoje passo para a versão 2.2. Claro que nada muda, exceto o número. O tio aqui quer falar de algo mais complicado hoje, não porque é um dia especial, nem porque é final de ano, e as pessoas começam a pensar no que foi bom nos últimos 12 meses e à fazer planos para os próximos 12. Parece que os homens são muito guiados por datas, períodos de tempo pré-determinados… embora para o processo de construção do ser humano o tempo seja irrelevante. Quanto tempo dura um momento inesquecível? Quanto tempo dura uma paixão? Quando tempo demoramos para nos livrarmos de um mal?? …  Tempo é irrelevante, pois aquilo que fica gravado na mente não se calcula em minutos.

De repente acendeu uma fagulha aqui, que em pouco tempo tomou proporções imensas, e os pensamentos se encaixaram e começaram a tomar formas, cores e vida…  Então inevitavelmente sou levado, pelo menos por um momento, à olhar para o que passou. Isso faz um bem tremendo, pois sabe aquilo que você prometeu que ia fazer direito, que ia se empenhar ….?? Pois é! Você não fez!

Mas isso não vai ser um texto massante, sobre fracasso, sobre desapontamento.. Pra que?? Se a decepção já aconteceu ela não precisa ser lembrada sempre. Este será um texto otimista acima de tudo. Sobre erros e acertos, sobre crescimento psicológico… sobre um cara que a cada dia toma consciência dele, e percebe que aquelas promessas que foram feitas anos atrás não estão sendo cumpridas. Pois sabe o que deve ser feito agora? Botar tudo em prática, mas sem pressa.

“Tudo que você precisa é decidir o que fazer com o tempo que lhe é dado”..  já dizia aquele velho barbudo com cajado.

Caindo na tentação e olhando para os últimos 12 meses sabe o que eu vejo? Talvez o ano mais importante da minha vida. Pra resumir: um ano de poucas realizações, mas de muita consciência, de muitas tomadas de decisão.  E o que mais?? De muito tapa na cara, que me fez achar que eu chegaria nesse momento extremamente melancólico… porém fui surpreendido novamente! Estou eu aqui, otimista, pra variar.E também orgulhoso, e satisfeito por ter tentado.. e por finalmente estar percebendo que os minutos que marcam o tempo estão passando rápido lá fora. Tá na hora de transformar esses minutos em momentos de construção de algo, sejam sofrido ou seja sob fogos de artifício. Aquelas coisas que não são medidas em minutos, manja!?

Sabe que eu aprendi menos sobre comunicação do que eu esperava em 2009? Sabe que faltou muito mais dedicação? Que eu perdi algo magnífico… com uma pessoa com o mesmo adjetivo… daquelas que nem parecem realidade, de tanto que balançam com a gente? Pois é! Nada disso importa quando se tem um objetivo. E o que ficou pelo caminho fica, e o que o homem carrega consigo é o aprendizado… Arrependimento também? Carrega um pouco, claro. Mas eleve esse arrependimento à mil, isso se não tivesse tentado.

Trabalhei como nunca em 2009. Foram mesmo muitas oportunidades de me achar dentro da minha carreira, e assim poder me especializar naquilo que fosse mais revelante….. Não deu certo! Pois faltou dedicação.. faltou tentar dar sempre um passo à mais pra tentar conhecer meu limite, saber até que ponto eu suporto… fazer uma auto-avaliação. É hora de começar outro ano com as mesmas dúvidas acerca da minha carreira.. e quem não vai? Você tá me dizendo que você não vai?? … Claro que vai! Ou será que tudo está planejado? Ou será que não existe nenhum motivo capaz de te fazer abandonar sua carreira ou sua faculdade? … Talvez você não tenha sido testado ainda, talvez não conheça os seus limites. Pois nem eu conheço os meus… Mas 2010 tá aí pra tentarmos mais uma vez.

E a grana? Foi bem gasta? … Investimos em projetos e idéias ou torramos tudo? Acho que um pouco de cada, ainda bem… Mas não do jeito que deveria ter sido, pois sempre existem prioridades, as quais nunca são fatalmente cumpridas.

Ficou claro que tudo é realmente uma questão de fazer bom uso do seu tempo, afim de transformar “minutos” em “momentos”, independente do que. Esse é o aprendizado. Essa é a mensagem que eu quero passar nessa noite.

Aqui quem fala é um cara otimista, por ter tomado consciência de quem ele é, e está preparado pra começar tudo de novo.

E como será esse cara que vos fala em 2010?? Melhor não prometer nada. Melhor chegar aqui daqui a um ano e falar tudo isso novamente… as mesmas palavras… a mesma essência. Mas apenas um degrau a mais percorrido. É tudo um processo de aprendizagem inerente ao ser humano, e é o que nos torna diferentes uns dos outos.

E quem sabe o que os próximos 12 meses reservam?? O mundo pode dar voltas que nos suspreendem… e tem uma canção tocando lá fora… quem se sai melhor é quem sabe dançar conforme ela,… denovo e denovo, cada vez num rítmo diferente. E.. quem sabe, cada vez o homem erra menos.. até se encontrar, e até saber aproveitar cada oportunidade. Mas isso é até meio utópico.

Satisfeito e consciente eu me despeço!

Anúncios

Sobre João Paulo

Data Intelligence na Ogilvy. Bacharel em Comunicação Social - Midialogia pela UNICAMP. Me dedico à compreensão, planejamento e execução de estratégias de comunicação em plataformas de mídias sociais. Leio muito sobre sobre Social Media e Transmedia Storytelling. Ver todos os artigos de João Paulo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: